quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Brasileiras são selecionadas para apresentar seus projetos científicos em Harvard

[Na imagem: as vencedoras Georgia e Raíssa]
Duas garotas brasileiras e seus projetos incríveis, ambas com 19 anos, foram selecionadas para uma conferência em Harvard por meio de um programa de incentivo de empreendedorismo social da universidade.

A apresentação será em novembro, para investidores do mundo todo!

Georgia Gabriela foi escolhida por sua pesquisa de um método menos invasivo e mais barato de diagnosticar a endometriose: o exame de sangue. Ela diz que a ideia não é nova cientificamente, mas que nunca foi executada.

"“Fiquei pensando no contexto social e econômico e como as pessoas são privadas de ter um diagnóstico e se tratar. Desenvolvi um método de diagnóstico que pode ser feito através de marcadores biológicos que depois vai ser adaptado para um exame de sangue.
Esse olhar é voltado para minha comunidade, me senti incomodada com a possibilidade de muitas mulheres nem conseguirem ser diagnosticadas. Quero dar continuidade à minha pesquisa com ajuda de um orientador.”"

Raíssa Muller foi selecionada por ter criado uma espécie de esponja que absorve óleo e repele a água. O óleo armazenado poderia ser reutilizado e essa esponja seria muito útil em acidentes com derramamento de óleo no mar.

"“É um filtro que funciona com criptomelano, que é um mineral pouco conhecido e tem com propriedade ser poroso. No primeiro processo aumentei a tamanho do poros e no segundo fiz uma cobertura de silicone para repelir água e absorver óleo.”

Nenhuma substância química tem esse poder, segundo Raíssa, que lembra que a palha de milho também é usada para este fim, mas depois precisa ser queimada."

Incríveis! Parabéns para elas! 

Fonte: http://g1.globo.com/educacao/noticia/2014/10/alunas-brasileiras-vencem-concurso-de-ideias-inovadoras-de-harvard.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário